ESG: Estratégias para Empresas Exportadoras

CONTAREA - GESTÃO E CONTABILIDADE - FAMALICÃO - ESG: Estratégias para Empresas Exportadoras

O Papel Vital do ESG e Sustentabilidade nas Empresas Exportadoras

A sigla ESG, que representa as práticas Ambientais, Sociais e de Governança, tornou-se um pilar fundamental para as empresas que desejam não só evoluir num mercado global competitivo, mas também contribuir positivamente para o planeta. Este artigo detalha a importância da estratégia ESG, com um foco especial nas empresas exportadoras, abordando os três pilares que formam a sua base e como estes se relacionam com os regulamentos comunitários.

A Ascensão da Estratégia ESG

Adotar uma estratégia focada em ESG não é apenas uma questão de cumprimento regulamentar, mas uma estratégia intrínseca ao sucesso e à resiliência das empresas. Para as exportadoras, em particular, essa adoção vai além da reputação, alcançando exigências legislativas específicas que condicionam o acesso a mercados internacionais.

Os 3 Pilares da Estratégia ESG

Ambiente: Iniciativas Sustentáveis e Impacto Reduzido

No coração das estratégias ESG está o compromisso com o ambiente, uma preocupação crescente entre consumidores, investidores e reguladores globais. Para as empresas exportadoras, adotar práticas ambientais responsáveis é fundamental não só para mitigar o impacto negativo nas comunidades locais e globais, mas também para se alinhar com os requisitos legais de diversos mercados. Ações como a redução da pegada de carbono, gestão sustentável de recursos e adoção de energias renováveis são exemplos de como as empresas podem contribuir para um futuro mais verde. Além disso, estas iniciativas ambientais podem abrir portas para novos mercados e criar vantagens competitivas, uma vez que muitos consumidores preferem produtos e serviços de empresas ecologicamente responsáveis.

Social: Compromisso com a Comunidade e o Bem-Estar

O pilar social da estratégia ESG enfatiza a importância das empresas em promover um impacto positivo na vida das pessoas. Para as exportadoras, isto significa ir além do cumprimento das leis laborais básicas, envolvendo-se em práticas que assegurem a igualdade, a diversidade e a inclusão dentro e fora da organização. Programas de desenvolvimento comunitário, suporte a iniciativas locais de educação e saúde, e a adoção de uma cadeia de suprimentos ética e transparente são formas eficazes de demonstrar compromisso social. Este pilar não apenas melhora a imagem da empresa perante os consumidores, mas também fortalece a relação com as comunidades locais e internacionais onde operam, contribuindo para uma base de operações mais estável e sustentável.

Governança: Transparência e Ética nos Negócios

A governança refere-se à forma como a empresa é dirigida e controlada, abrangendo desde a ética empresarial até à transparência na divulgação de informações. Para empresas exportadoras, uma governança forte é essencial para construir confiança com stakeholders em diferentes jurisdições. Práticas como a adoção de políticas anticorrupção, auditorias regulares, e uma comunicação aberta e honesta com os acionistas são fundamentais. Uma governança eficaz não só ajuda a empresa a cumprir com regulamentos complexos em diferentes mercados, mas também a estabelecer uma cultura corporativa de integridade e responsabilidade.

Enquadramento Regulamentar da ESG

A legislação da União Europeia, como o SFDR, CSDD e CSRD, estabelece um quadro rigoroso para as empresas no que diz respeito às práticas de sustentabilidade. Estas diretrizes não definem apenas o que é esperado das empresas em termos de responsabilidade ambiental, social e de governança, mas também asseguram que haja transparência na forma como estas práticas são reportadas. Para as empresas exportadoras, estar em conformidade com estas regulamentações é essencial para ter acesso ao mercado europeu. A implementação de uma estratégia ESG alinhada com estas diretivas não só facilita esse acesso, mas também prepara a empresa para futuras exigências regulatórias a nível global.

A estratégia ESG representa mais do que uma resposta às exigências regulatórias; é uma oportunidade para as empresas exportadoras se destacarem num mercado global cada vez mais consciente. Implementar práticas sustentáveis e éticas não só beneficia o ambiente e a sociedade, mas também promove uma imagem corporativa positiva, melhora a relação com stakeholders e abre novas oportunidades de negócio. No fim, as empresas que priorizam o ESG estão não só a investir no seu futuro, mas também no futuro do planeta.

Qualquer dúvida ou questão, não hesite em contactar-nos!

Siga as nossas Redes Sociais para estar sempre atualizado/a:
Facebook    Linkedin    Twitter    Instagram

A informação apresentada neste artigo não é vinculativa e não substitui a consulta completa dos documentos e legislação relevantes sobre o tema abordado.

Quem é a CONTAREA – GESTÃO E CONTABILIDADE

A Contarea – Gestão e Contabilidade, instituição de renome na área dos serviços de Contabilidade, Fiscalidade, Recursos Humanos, Gestão Administrativa, Consultoria de Gestão, Projetos De Investimento e Apoios, Apoio ao Empreendedorismo, Bpo/Outsourcing e Auditoria, tem a sua sede em Famalicão desde 2001. Distingue-se por possuir uma carteira vasta e diversificada, estendendo os seus serviços por todo Portugal, com especial incidência nos concelhos de Famalicão, Braga, Santo Tirso, Trofa, Barcelos, Felgueiras, Maia, Valongo, Vila do Conde, Póvoa do Varzim, Esposende, Porto, Guimarães, Fafe, Vizela, Matosinhos, Valongo e Paredes.

Adotamos uma abordagem personalizada junto dos nossos clientes, com o intuito de oferecer soluções e propostas de valor que se ajustam especificamente aos diferentes sectores de atividade. Esta metodologia baseia-se na convicção de que as exigências de cada empresa são únicas, e que cada sector de atividade beneficia de forma significativa de um apoio especializado.

A nossa missão é expressa de forma clara e objetiva: comprometemo-nos com o rigor e a proximidade na gestão das Pequenas e Médias Empresas (PMEs), assegurando um acompanhamento constante por parte da nossa equipa de Contabilistas Certificados.

administrator

26 Comments

  • […] algumas das jornadas empreendedoras mais impressionantes, salientando as lições inspiradoras e as estratégias que transformaram sonhos audaciosos em empresas que mudaram o mundo. Desde revoluções tecnológicas a inovações sustentáveis, estas histórias […]

  • […] são concebidos e operados. Ao adotar modelos de negócio que priorizam a sustentabilidade, as empresas não só contribuem para a preservação ambiental como também se posicionam de maneira estratégica no mercado. A jornada […]

  • […] negociações são o coração do processo de RERE. A empresa e os credores selecionados trabalharão juntos para chegar a um acordo de reestruturação da dívida que seja mutuamente benéfico. A participação […]

  • […] todas as deduções e benefícios fiscais disponíveis é uma estratégia chave para reduzir o montante de IRS a pagar. Isso inclui, mas não se limita a, despesas com a aquisição e […]

  • […] eletrónico de impostos representa um avanço na modernização do sistema fiscal português. As empresas devem adaptar seus processos internos para cumprir com as novas regras. A transição para o pagamento eletrónico pode trazer vantagens como […]

  • […] Esta etapa é dedicada à mensuração dos resultados alcançados e ao estudo do impacto das estratégias no desempenho global da empresa. Uma análise detalhada da performance permite identificar pontos de sucesso, bem como áreas que […]

  • […] visando um consumo mais consciente e sustentável. É imperativo que tanto consumidores como empresas estejam a par destas mudanças para se adaptarem de forma […]

  • […] as informações necessárias para prever fluxos de caixa futuros, ajudando a garantir que a empresa tenha os recursos necessários para atender às suas obrigações e investir em oportunidades de […]

  • […] de práticas de contratação justas e transparentes em Portugal. Este caso serve como um lembrete para as empresas reavaliarem suas práticas laborais e para os trabalhadores conhecerem seus direitos, […]

  • […] gestão financeira adequada é indispensável para a sustentabilidade de uma empresa. Assegura que haja fundos suficientes para as operações, contribui para o cumprimento de […]

  • […] a gestão de compras num mundo VUCA não é uma tarefa fácil. Contudo, existem várias estratégias que podem ser adotadas para garantir uma gestão eficaz. Uma dessas estratégias é a implementação de um sistema de gestão […]

  • […] seguro de trabalho é obrigatório para todas as empresas (sem exceções). É um custo obrigatório a contabilizar. O valor pode variar em função da […]

  • […] formar uma equipa, definir objetivos e preparar um cronograma são etapas seguintes lógicas. As empresas frequentemente recorrem a consultores especializados para facilitar este processo […]

  • […] produtividade e ao desequilíbrio na equipa. As faltas ao trabalho podem também aumentar os custos para a empresa e, em casos extremos, causar a rotatividade de recursos […]

  • […] relatório resultante de uma auditoria financeira pode ser extremamente útil para várias partes interessadas na empresa – como os acionistas, o banco, entre outros. Destinada principalmente aos investidores de uma […]

  • […] mercado. Adotar políticas de sustentabilidade, equidade e inclusão não só melhora a imagem da empresa como também contribui para um ecossistema empresarial mais justo e […]

  • […] com a Otimização de Processos Empresariais, a ABM transforma-se numa ferramenta poderosa para aprimorar a performance global das empresas, garantindo uma vantagem competitiva sustentável no […]

  • […] diz respeito a um empréstimo a curto prazo referente a um montante que estará sempre disponível para a empresa para que a mesma consiga dar resposta às flutuações provenientes da tesouraria. Ou seja, a […]

  • […] sua vez, não possuem uma presença física, mas desempenham um papel fundamental na contribuição para o valor e competitividade da empresa. Estes ativos incluem patentes, marcas, direitos de arrendamento, licenças, software e outros […]

  • […] IRC é uma das principais fontes de receita fiscal e, simultaneamente, um dos principais custos para as empresas. Um dos aspetos do IRC que foi recentemente modificado é a forma como a dedução anual é […]

  • […] a sua aplicação prática pode conduzir a uma melhor gestão de recursos, o que é benéfico tanto para empresas como para particulares. Considere aplicar a Lei de Pareto na sua vida ou […]

  • […] tipo de isenção está sujeito às regras europeias em matéria de auxílios de minimis. As empresas devem estar cientes dessas normas para evitar complicações […]

  • […] que as unidades com excesso de caixa apoiassem outras com necessidades imediatas, o que contribuiu para uma maior estabilidade financeira da empresa como um […]

  • […] análise de trade-off pode levar ao ajuste de estratégias operacionais para alcançar um ponto ótimo de eficiência e eficácia, considerando as limitações e recursos […]

  • […] isenção de tributação nas vendas de imóveis ao Estado ou entidades públicas reflete uma estratégia para incentivar a disponibilização de mais habitações no mercado, especialmente em áreas de alta […]

  • […] de consumo. É fundamental que os profissionais do setor estejam atentos a estas alterações para ajustarem suas estratégias de negócio e comunicação com os […]

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *