Ativos Tangíveis, Intangíveis e Financeiros

CONTAREA - GESTÃO E CONTABILIDADE - FAMALICÃO - Ativos Tangíveis, Intangíveis e Financeiros

Compreender e Diferenciar entre Ativos Tangíveis, Intangíveis e Financeiros

Relevância dos Ativos Tangíveis

Compreender o balanço contabilístico é um passo fundamental para qualquer empresa ou investidor interessado na saúde financeira de um negócio. Especificamente, é indispensável analisar os ativos fixos – elementos vitais para a sustentabilidade e crescimento a longo prazo de uma empresa. Estes incluem ativos tangíveis, intangíveis e financeiros, que refletem os recursos e o património da empresa.

Ativos Tangíveis: Definição, Utilização e Reconhecimento

Comecemos por analisar o que se entende por ativos tangíveis. Estes bens, físicos e duradouros, são propriedade da empresa e estão destinados a servir a sua estrutura a longo prazo. Os ativos tangíveis englobam, entre outros, terrenos, edifícios, instalações técnicas, equipamento industrial e ferramentas. No balanço contabilístico, estão habitualmente registados sob contas de classe 43.

Os ativos tangíveis são adquiridos pela empresa com o propósito de gerar benefício económico futuro. São utilizados na produção de bens, no fornecimento de serviços ou, em alguns casos, podem ser alugados. Estes ativos desempenham um papel vital na operacionalidade do negócio e aumentam o valor dos ativos da empresa ao longo dos anos.

Os Ativos Intangíveis: Definição, Utilidade e Reconhecimento

Os ativos intangíveis, por sua vez, não possuem uma presença física, mas desempenham um papel fundamental na contribuição para o valor e competitividade da empresa. Estes ativos incluem patentes, marcas, direitos de arrendamento, licenças, software e outros direitos semelhantes. São registados sob contas de classe 44 no balanço contabilístico.

Os ativos intangíveis são adquiridos ou desenvolvidos para aumentar a competitividade do negócio. Por exemplo, os custos de arranque, de investigação e desenvolvimento, e os custos dos aumentos de capital são considerados ativos intangíveis, pois têm a expectativa de gerar benefícios económicos para a empresa a longo prazo.

Ativos Financeiros: Definição, Utilização e Reconhecimento

Por fim, temos os ativos financeiros, que são essenciais para a estratégia financeira de uma empresa. Estes ativos, que incluem ações e participações em outras empresas, são ativos monetários de longo prazo. No balanço contabilístico, estes ativos são registados nas contas das classes 20, 21, 23, 26 e 27.

Os ativos financeiros representam direitos que a empresa detém sobre outras entidades e são essenciais para a otimização das atividades da empresa. Contrariamente aos ativos tangíveis e intangíveis, os ativos financeiros não são depreciados, mas podem estar sujeitos a imparidade.

CONTAREA GESTÃO E CONTABILIDADE FAMALICÃO Ativos Tangíveis Intangíveis e Financeiros

Exemplos Práticos para Clarificar Conceitos

Para ajudar na compreensão destes conceitos, vamos analisar alguns exemplos:

Ativo Tangível: Uma empresa de fabrico adquire uma nova máquina para aumentar a sua capacidade de produção. Esta máquina é um ativo tangível.

Ativo Intangível: Uma empresa farmacêutica desenvolve uma nova patente de medicamento. A patente é um ativo intangível.

Ativo Financeiro: Uma empresa investe numa quantidade significativa de ações de outra empresa, esperando retorno financeiro. Essas ações são um ativo financeiro.

Os Ativos Fixos como Pilar do Sucesso Empresarial

Os ativos fixos, sejam eles tangíveis, intangíveis ou financeiros, são fundamentais para o crescimento e sucesso de uma empresa. Uma gestão criteriosa destes ativos é vital para maximizar o retorno sobre o investimento e assegurar a sustentabilidade financeira

Qualquer dúvida ou questão, não hesite em contactar-nos!

Siga as nossas Redes Sociais para estar sempre atualizado/a:
Facebook Linkedin Twitter Instagram

A informação apresentada neste artigo não é vinculativa e não substitui a consulta completa dos documentos e legislação relevantes sobre o tema abordado.

Quem é a CONTAREA – GESTÃO E CONTABILIDADE

A Contarea – Gestão e Contabilidade, instituição de renome na área dos serviços de Contabilidade, Fiscalidade, Recursos Humanos, Gestão Administrativa, Consultoria de Gestão, Projetos De Investimento e Apoios, Apoio ao Empreendedorismo, Bpo/Outsourcing e Auditoria, tem a sua sede em Famalicão desde 2001. Distingue-se por possuir uma carteira vasta e diversificada, estendendo os seus serviços por todo Portugal, com especial incidência nos concelhos de Famalicão, Braga, Santo Tirso, Trofa, Barcelos, Felgueiras, Maia, Valongo, Vila do Conde, Póvoa do Varzim, Esposende, Porto, Guimarães, Fafe, Vizela, Matosinhos, Valongo e Paredes.

Adotamos uma abordagem personalizada junto dos nossos clientes, com o intuito de oferecer soluções e propostas de valor que se ajustam especificamente aos diferentes sectores de atividade. Esta metodologia baseia-se na convicção de que as exigências de cada empresa são únicas, e que cada sector de atividade beneficia de forma significativa de um apoio especializado.

A nossa missão é expressa de forma clara e objetiva: comprometemo-nos com o rigor e a proximidade na gestão das Pequenas e Médias Empresas (PMEs), assegurando um acompanhamento constante por parte da nossa equipa de Contabilistas Certificados.

administrator

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *