Viajar em Trabalho: Direitos e Deveres a Ter em Conta

CONTAREA - GESTÃO E CONTABILIDADE - FAMALICÃO - Viajar em Trabalho: Direitos e Deveres a Ter em Conta

Um Guia Abrangente Sobre Viagens Corporativas

Viajar em trabalho constitui uma componente indispensável para muitos profissionais no contexto atual de globalização e expansão empresarial. Este artigo, propõe-se esclarecer os direitos e deveres inerentes às viagens corporativas, proporcionando um olhar detalhado sobre esta temática pertinente.

O que Implica Viajar em Trabalho?

Viajar em trabalho refere-se às deslocações realizadas pelos colaboradores com o propósito de representar a sua entidade empregadora em diversas atividades profissionais, como reuniões de negócios, encontros com clientes e participação em eventos. Este fenómeno, cada vez mais comum devido à internacionalização das empresas, suscita questões pertinentes sobre os direitos e deveres associados.

Direitos Legais dos Trabalhadores

O Código do Trabalho, nomeadamente o seu Artigo 193.º, esclarece que, embora o trabalhador deva exercer as suas funções no local definido pelo contrato, existem situações que justificam deslocações relacionadas com o trabalho ou formação profissional. Estas deslocações, quando necessárias, acarretam responsabilidades específicas para o empregador, incluindo a cobertura de custos associados.

Cobertura de Custos em Viagens de Trabalho

Os custos derivados de viagens em trabalho, como transporte, alojamento e alimentação, são da responsabilidade da empresa. A legislação prevê que, dependendo do caso, as despesas podem ser reembolsadas ao trabalhador sob a forma de ajudas de custo ou pagas diretamente pela empresa. Importante frisar, a gestão destes custos requer uma documentação rigorosa por parte do trabalhador.

Deveres das Empresas Durante as Viagens de Trabalho

A entidade empregadora deve assegurar que o trabalhador dispõe das condições necessárias para a realização das suas funções durante a viagem. Isso inclui o pagamento das despesas da viagem, garantia das horas de trabalho e de descanso adequadas, a segurança e saúde no trabalho, fornecimento de informações relevantes e equipamentos de trabalho necessários, e a cobertura por seguro em caso de acidentes de trabalho.

Responsabilidades do Trabalhador em Viagens de Trabalho

Por outro lado, o trabalhador em deslocação deve também cumprir com diversas obrigações. Estas incluem o cumprimento de ordens e diretrizes, a prestação de contas das despesas, o cuidado com os equipamentos da empresa, o respeito pelos horários e deveres profissionais, e a observância das normas de segurança e saúde no trabalho. Adicionalmente, é importante que o trabalhador comunique à entidade empregadora qualquer problema que surja durante a viagem, permitindo a sua pronta resolução.

Saúde e Segurança: Prioridades em Viagens Corporativas

Quando se trata de viajar a trabalho, a segurança e bem-estar do trabalhador não podem ser negligenciadas. As empresas têm o dever de assegurar que o ambiente de trabalho temporário oferece as mesmas condições de segurança e saúde que o local habitual de trabalho. Isto significa que as normas de segurança aplicáveis devem ser respeitadas independentemente do destino da viagem. Além disso, é fundamental que o trabalhador seja provido de todos os equipamentos de segurança necessários, adaptados ao contexto da sua deslocação, especialmente em ambientes de maior risco.

Gestão Eficiente de Recursos e Equipamentos

O fornecimento de recursos adequados para a execução das tarefas é outro aspeto vital. Isto inclui, mas não se limita a, dispositivos eletrónicos, acesso à internet, e material de apoio necessário para a realização de apresentações ou participação em eventos. A responsabilidade pelo uso adequado e pela conservação destes materiais recai sobre o trabalhador, que deve zelar pela sua integridade como se estivesse no seu local de trabalho habitual.

Compensação e Reconhecimento do Esforço Extra

É importante destacar que as viagens de trabalho muitas vezes exigem um esforço adicional por parte dos colaboradores, seja em termos de tempo despendido em deslocações ou na adaptação a fusos horários diferentes. Reconhecer este esforço, seja através de compensações financeiras adequadas ou flexibilização nas horas de trabalho subsequentes à viagem, é uma prática recomendada que beneficia tanto o trabalhador quanto a empresa, ao promover a satisfação e o bem-estar dos colaboradores.

Comunicação Efetiva: Chave para o Sucesso

A eficácia de qualquer viagem corporativa depende em grande medida da comunicação entre todas as partes envolvidas. Antes da viagem, é essencial que o trabalhador receba informações claras sobre o propósito da deslocação, expectativas, agenda de compromissos, e qualquer outra informação relevante. Durante a viagem, manter linhas de comunicação abertas é fundamental para resolver qualquer imprevisto rapidamente. Ao regressar, um debriefing pode ajudar a avaliar o sucesso da viagem e identificar áreas para melhoria futura.

Viajar em trabalho oferece oportunidades únicas de desenvolvimento profissional e expansão de negócios. Contudo, para maximizar os benefícios destas deslocações, é fundamental uma gestão cuidadosa dos direitos e deveres de ambas as partes envolvidas. Melhores práticas incluem uma planificação detalhada, comunicação eficaz, e um foco contínuo na segurança e bem-estar do trabalhador. Ao seguir estas diretrizes, empresas e colaboradores podem assegurar que cada viagem seja não apenas produtiva, mas também uma experiência positiva e enriquecedora.

Qualquer dúvida ou questão, não hesite em contactar-nos!

Siga as nossas Redes Sociais para estar sempre atualizado/a:
Facebook Linkedin Twitter Instagram

A informação apresentada neste artigo não é vinculativa e não substitui a consulta completa dos documentos e legislação relevantes sobre o tema abordado.

Quem é a CONTAREA – GESTÃO E CONTABILIDADE

A Contarea – Gestão e Contabilidade, instituição de renome na área dos serviços de Contabilidade, Fiscalidade, Recursos Humanos, Gestão Administrativa, Consultoria de Gestão, Projetos De Investimento e Apoios, Apoio ao Empreendedorismo, Bpo/Outsourcing e Auditoria, tem a sua sede em Famalicão desde 2001. Distingue-se por possuir uma carteira vasta e diversificada, estendendo os seus serviços por todo Portugal, com especial incidência nos concelhos de Famalicão, Braga, Santo Tirso, Trofa, Barcelos, Felgueiras, Maia, Valongo, Vila do Conde, Póvoa do Varzim, Esposende, Porto, Guimarães, Fafe, Vizela, Matosinhos, Valongo e Paredes.

Adotamos uma abordagem personalizada junto dos nossos clientes, com o intuito de oferecer soluções e propostas de valor que se ajustam especificamente aos diferentes sectores de atividade. Esta metodologia baseia-se na convicção de que as exigências de cada empresa são únicas, e que cada sector de atividade beneficia de forma significativa de um apoio especializado.

A nossa missão é expressa de forma clara e objetiva: comprometemo-nos com o rigor e a proximidade na gestão das Pequenas e Médias Empresas (PMEs), assegurando um acompanhamento constante por parte da nossa equipa de Contabilistas Certificados.

administrator

4 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *