Energias Renováveis e OE 2024: Avanços na Sustentabilidade

CONTAREA - GESTÃO E CONTABILIDADE - FAMALICÃO - Energias Renováveis e OE 2024 Avanços na Sustentabilidade

Incentivos Fiscais para Energias Renováveis no OE 2024

O Orçamento do Estado para 2024 (OE 2024) traz consigo um marco significativo no caminho de Portugal rumo a um futuro mais verde e sustentável. Uma das mudanças mais notáveis é a alteração na verba 2.37 da lista I anexa ao Código do IVA, que abre novas portas para o fomento das energias renováveis no país. Vamos desvendar o que isto significa para o setor e para o cidadão comum.

Novidades no Código do IVA: Energias Renováveis em Foco

Expansão da Isenção de IVA para Equipamentos Sustentáveis
  1. Alterações na Verba 2.37 A verba 2.37 sofre uma atualização crucial, passando a incluir não só a aquisição, mas também a entrega, instalação, manutenção e reparação de equipamentos voltados para a captação e aproveitamento de energias renováveis como solar, eólica e geotérmica. Esta mudança representa um incentivo fiscal significativo para a adesão a fontes de energia mais limpas e sustentáveis.
  2. Impacto das Mudanças Com a nova redação, a verba alarga o seu âmbito, contemplando de forma mais abrangente os meios de produção de energia renovável. Isto significa que mais pessoas e empresas poderão beneficiar da taxa reduzida do IVA na aquisição e manutenção destes equipamentos, promovendo um investimento mais robusto em energias alternativas.

Implicações para o Setor Energético e Ambiente

Um Passo em Direção à Sustentabilidade
  1. Benefícios para o Setor Energético Para o setor energético, esta alteração no Código do IVA é um sinal claro do compromisso de Portugal com as energias renováveis. Estimula o investimento em tecnologias sustentáveis e pode acelerar a transição energética do país para fontes mais limpas.
  2. Vantagens para o Consumidor e Ambiente Para o consumidor, esta é uma oportunidade para adotar práticas mais sustentáveis com um incentivo fiscal atrativo. Além disso, ao incentivar o uso de energias renováveis, contribui-se para a redução da pegada ecológica e para o combate às alterações climáticas.

O OE 2024 dá um passo importante na direção certa ao ampliar os incentivos fiscais para energias renováveis. Esta medida não só apoia o crescimento do setor energético sustentável, mas também ajuda os consumidores a fazerem escolhas mais verdes, impactando positivamente o meio ambiente. Com estas alterações, Portugal reafirma seu compromisso com um futuro mais sustentável.

Qualquer dúvida ou questão, não hesite em contactar-nos!

Siga as nossas Redes Sociais para estar sempre atualizado/a:
Facebook    Linkedin    Twitter    Instagram

administrator

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *