Simulador descontos para a Segurança Social
02 outubro 2018

A Ordem dos Contabilistas Certificados disponibilizou um simulador para permitir aos recibos verdes e empresários em nome individual simularem os descontos que têm pela frente, à luz das novas regras.

Em janeiro do próximo ano, os descontos para a Segurança Social de cerca de 300 mil recibos verdes e empresários em nome individual vão mudar. A taxa baixa mas os rendimentos sobre os quais incide alteram-se, podendo, nalguns casos, levar a alterações relevantes no valor a desembolsar mensalmente. Para permitir aos cidadãos perceberem melhor o impacto das novas alterações, a Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) lançou um simulador na sua página de internet.

Segundo os contabilistas, esta é uma “ferramenta de grande valia, tanto para contabilistas certificados, como para o público em geral, reforçando o objetivo de interesse público a que a OCC se propõe com iniciativas como esta”.

Em paralelo, é disponibilizada uma súmula das principais alterações que aí vêm, e que já foram divulgadas no início deste ano.

Em traços gerais, de janeiro de 2019 em diante, os chamados recibos verdes passamIGFSS3.jpg a descontar sobre 70% da média dos rendimentos registados no trimestre imediatamente anterior, de modo a que os descontos se aproximem daquele que é o seu rendimento a cada momento.

Mas, para atenuar eventuais subidas abruptas face aos descontos atuais, permite-se que o trabalhador minore em 25% este valor (quem quiser também pode majorar).

A taxa, atualmente de 29,6% para os trabalhadores independentes e de 34,75% para os empresários em nome individual, baixam para 21,4% e 25,17%, respetivamente.

O Governo espera que a generalidade dos contribuintes passe a descontar o mesmo ou menos, mas não exclui que haja quem passe a descontar mais, uma vez que o atual modelo está muito desfasado daquilo que é o rendimento auferido em cada momento.

Texto elaborado a 27 de Setembro de 2018 por Jornal Expresso.
‹ voltar